Acelera Foz completa 1 ano com investimentos na retomada da economia e geração de emprego

Acelera Foz aposta na retomada da economia de Foz do Iguaçu, com geração de emprego e renda – Foto Marcos Labanca


Desafios do presente e legado para o futuro: balanço das realizações do programa inclui grandes obras, incentivo ao turismo, crédito, apoio a empreendedores e inovação.

A responsabilidade do presente e o compromisso com o futuro de Foz do Iguaçu uniram oito instituições do poder público e da sociedade civil organizada para realizar o Acelera Foz. Lançado em 13 de maio de 2020, o programa completa o seu primeiro ano com resultados, injeção de recursos e desafios pela frente.

O programa surgiu com dois principais objetivos. Primeiro, buscar soluções para problemas do momento e contribuir para a retomada da economia em um contexto de pandemia do novo coronavírus. A outra meta é deixar um legado para Foz do Iguaçu, a partir de projetos estruturantes e investimentos transformadores.

O Acelera Foz tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, PTI, Prefeitura de Foz do Iguaçu, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), Associação Comercial e Empresarial (ACIFI) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Presidente do Codefoz, Felipe Gonzalez destaca os esforços que foram somados. “Comemoramos a união das instituições públicas e privadas em torno do Acelera Foz. É um trabalho em benefício da cidade, procurando aglutinar os interesses coletivos e que tem, de fato, ajudado em muitas conquistas alcançadas”, reflete.

Coordenação Estratégica do programa reunida para definir projetos e ações – Foto: divulgação

A coordenação estratégica do programa definiu 40 ações prioritárias em sete eixos. Já de início, para ajudar o turismo iguaçuense, um dos mais prejudicados pela crise sanitária, o Acelera Foz elaborou protocolos de segurança, por meio de suas instituições, campanhas nacionais de marketing e editais de inovação para o setor.

“É de fundamental importância o turismo integrar os eixos estruturantes do Acelera Foz”, enfatiza Paulo Angeli, secretário de Turismo e Projetos Estratégicos. “O programa tem muito a contribuir para a retomada da atividade econômica de nossa cidade, com um trabalho eficiente e conjunto das instituições participantes”, afirma.

Itaipu e as obras estruturantes

Foz do Iguaçu tirou do papel grandes obras que eram gargalos históricos para o desenvolvimento, a mobilidade urbana e o comércio internacional. A Ponte da Integração Brasil-Paraguai, ligação de Foz do Iguaçu a Presidente Franco, está com 52% das obras concluídas e R$ 122,5 milhões já investidos – 38% do total previsto.

“Com muita satisfação, a Itaipu vê a união de Foz do Iguaçu, simbolizada pelo Acelera Foz, rendendo tantos frutos para a cidade”, sublinha o coronel Robson Rodrigues de Oliveira, chefe de gabinete do diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional. “A empresa reitera o seu compromisso e vai continuar colaborando em diferentes frentes, sobretudo para o eixo de obras estruturantes”, pontua.

Entre as grandes obras da Itaipu Binacional, a Ponte da Integração está com 52% dos trabalhos concluídos – Foto: Rubens Fraulini/Itaipu

Duas grandes intervenções no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu já foram entregues para a comunidade: a ampliação da pista de pouso e decolagem e a duplicação do acesso e da área de manobra do terminal. A Perimetral Leste, em andamento, conectará a Região Sul da cidade à BR-277, retirando o trânsito de veículos pesados das vias turísticas.

Apoio e crédito ao empreendedor

O Acelera Foz soma R$ 4,3 milhões em investimentos na aceleração de startups, pequenas e microempresas e novos produtos. O Banco do Empreendedor atendeu 3.065 firmas e concedeu R$ 18,7 milhões em crédito. O programa Foz Juro Zero garantiu R$ 13,4 milhões em empréstimos, beneficiando 2,7 mil empreendedores. Para auxiliar empresários, foi criada a Central do Empreendedor e ofertadas mais de 60 ações de capacitação.

“Com o Acelera Foz, foi possível enfrentar os efeitos da crise atuando em várias frentes”, analisa o presidente da ACIFI, Faisal Ismail. “Isso inclui de crédito para empresários a editais para a expansão dos negócios, unindo o setor privado, a universidade e o poder público. Foi possível preservar empregos e empresas”, frisa.

A Central do Empreendedor oferta serviços para todos os tipos de empresas – Foto: divulgação

Para o consultor do Sebrae Marcelo Padilha, o programa foi fundamental para dar apoio no momento em que muitos empreendedores foram prejudicados devido à pandemia. “Num curto espaço de tempo, foi possível organizar ações de apoio com crédito, empréstimos facilitados, capacitações e orientações”, enumera.

Bairro público inteligente

Foz do Iguaçu será referência nacional com o projeto Vila A Inteligente, transformação que trará mais qualidade de vida para a população. A modernização abrange semáforos, pontos de ônibus, monitoramento de veículos, reconhecimento facial de motoristas e de placas de automóveis, e aplicativos que ajudarão a melhorar os serviços.

Moradores já sentem as melhorias com as tecnologias instaladas pelo projeto Vila A Inteligente – Foto: Kiko Sierich/PTI

“Os moradores já conseguem usufruir dos benefícios das tecnologias instaladas: luminárias, câmeras, semáforos e os pontos de ônibus inteligentes”, relata o superintendente do PTI, general Eduardo Garrido. “Unimos tecnologias, inovação e empreendedorismo para gerar empregos, impulsionar a economia e desenvolver a cidade”, completa.

Atração de recursos e logística

O Acelera Foz contempla o Escritório de Atração e Recepção de Investimentos, que visa a atrair novos recursos para o município e diversificar a economia. Outro projeto de grande impacto é o Novo Porto Seco Trimodal, que fará a integração dos modais rodoviário, hidroviário e ferroviário, com a extensão de um ramal da Ferroeste a Foz do Iguaçu.

Acelera Foz

Os sete eixos de desenvolvimento e a relação das ações prioritárias desenvolvidas pelo programa estão disponíveis em acelerafoz.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *